terça-feira, 28 de agosto de 2012

Casal de traficantes é detido após meses de investigação



Após meses de investigação conjunta das polícias militar e civil mais uma boca de fumo é desarticulada na cidade. O local funcionava na Rua 06, Bairro União, na residência do casal, Edivaldo da Silva Prata, 28, e Cinthia Cristina dos Santos, 20. O flagrante aconteceu terça feira, 21, por volta de 13h, com os dois foram apreendidos 13 cabeças de pasta base de cocaína. Ambos foram apresentados à 3ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), e em seguida encaminhados ao Presídio Público Municipal.
Segundo o Delegado Ivo Cunha, é a primeira vez que o casal é preso. “Os dois estavam vendendo droga há pouco tempo, já estavam começando a se erguer no mundo do tráfico, com a operação conjunta da Polícia Civil e Militar, essa boca de fumo foi desarticulada”, relata. Edivaldo disse que reconhece que errou, sente por causa de sua filha, mas não estava arrependido pelo ato cometido e que agora vai responder perante a justiça.

Universidade do Folclore será reinaugurada no final do mês


As obras de reforma e ampliação da Universidade do Folclore Paulinho Faria, do boi bumba Garantido, já está em fase de conclusão e de aparelhamento. A reinauguração está marcada para 31 de agosto, com a ampliação no número de vagas que aumentou de 200 para 350 estudantes.
A Universidade terá sete salas, três a mais, além de secretaria, diretoria, sala de atendimentos psicológicos, assistência social, e um refeitório. “Queremos funcionar com toda estrutura necessária e qualidade, dando condições de ensino a todos os alunos. Essa fase agora é de finalização, acabamento. Começaremos a aparelhar a escola e no dia 31 desse mês vamos fazer a reinauguração para entregar uma grande obra à comunidade”, relata o Presidente do bumba, Telo Pinto.

Oportunidades

O centro artístico oferece sete cursos para crianças e pré-adolescentes, entre dança, teatro, música e pintura. “Nossa ideia é ampliar, atender um público mais adulto, e também as pessoas mais idosas que se dedicaram ao boi. A escola vai passar de um processo artístico para criança, para um que atenda outras faixas etárias e possam desfrutar da estrutura do Garantido”, diz o Presidente.
Telo se diz satisfeito com a quantidade de crianças que estudam e se dedicam na Universidade do Folclore. De acordo com ele, é uma oportunidade que elas têm além de estudar, e do assistencialismo que recebem. “Tem merenda escolar, todo um projeto de acompanhamento e atividades artísticas e educacionais. É um trabalho social que o Garantido devia à comunidade, e hoje não deve mais. Com essa ampliação vai ganhar muito mais crianças que vão estar se dedicando a arte parintinense e aprender quem sabe uma profissão, que possam sair nossos artesãos, artistas, e pintores”, declara.

Ibama constata vendas de produtos ilegais nas feiras de Parintins


    Foto: Arquivo Gazeta Parintins
Fiscalização verificou que feirantes insistem em comercializar produtos ilegais

O técnico ambiental do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Salvador Leal, declara que a fiscalização nas feiras da cidade, constatou abusos por parte de feirantes.  Segundo ele, os feirantes desrespeitam a legislação e insistem em comercializar produtos ilegais. “Vimos inúmeras irregularidades, até mantas de pirarucu sendo comercializada, é uma afronta à legislação, desrespeito a população, e setor público municipal. Precisamos conversar com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Sedema), Ipaam, Sempa, para fazermos alguma coisa, porque o produto está sendo escoado indiscriminadamente. Não está havendo respeito na legislação, na hora que passarmos e detectarmos um ilícito ambiental fazemos todo o processo, geralmente o proprietário da banca se evade, recolhemos o peixe proibido ou não, porque ambos estão juntos”, relata Salvador.

Pescado ilegal

Para o fiscal, o pescado ilegal é proveniente de arrastões. “Eles têm que pescar sem depredar, assim não vai haver problema. Não pode fazer arrastão, o pescador deve adentrar onde a pesca não seja proibida. Há quase trinta anos tentamos coibir esse tipo de prática, as colônias têm que dar aula de bons procedimentos. O que nos entristece é que o pescador traz o pescado ilegal para vender, e a população compra sem reclamar, aí fazer o que?”.
O Presidente da Feira Zezito Assayag, Francisco Nascimento, diz que a Associação não se responsabiliza por irregularidades de feirantes, e quem for apreendido terá que responder pelo ato. “O produto ilegal mais procurado na feira é o tambaqui. Todos são avisados, o problema é que tem uns teimosos, abusados, colocam em cima da banca produtos ilegais, isso complica outros que não vendem. Uma pequena minoria trabalha com essa ilegalidade, até porque tá em falta esses produtos como pirarucu e capivara, se chega, é uma vez ou outra”, frisa.

MMA Parintins Fight tem data definida para 2ᵃ edição


       Duelo de campões vai marcar o vento na quadra do GM3 dia 16 de setembro

Está marcada para 16 de setembro a segunda edição de MMA (Mixed Martial Arts) Artes Macias Mistas, Parintins Fight. O início está previsto para as 21h na quadra do GM3. O público acompanhará oito combates de atletas parintinenses e de outras cidades. O evento será animado por DJ, participação das ringue girl, e apresentação de lutas da categoria mirim de Jiu-Jitsu. O objetivo dos organizadores é também divulgar esse esporte que trouxe muitas conquistas para o município.
O coordenador do Parintins Fight, Darian Vieira, relata que estão se articulando para o bom êxito da segunda edição do evento, assim como a primeira que teve participação do público. “Graças a Deus estamos contactando com as pessoas através das redes sociais e todo mundo está aceitando. O grande momento da noite vai ser a luta de MMA entre o campeão mundial de jiu-jitsu, o Jr. Orelha, também campeão de MMA em Parintins, e o Enoque Reis, campeão da Copa América 2011 que o desafiou para um combate, vai ser esse grande desafio, teremos ainda sete lutas preliminares”.
Darian ressalta que além do MMA, a ocasião contará com serviço completo de bar e lanchonete. “Agradeço a todos os nossos parceiros, patrocinadores, a diretoria da escola que nos cedeu o espaço, e imprensa pelo apoio. Essa é uma grande oportunidade para Parintins ver mais uma vez o MMA, o esporte da atualidade”, convida.

Aposta entre jovens por pouco não acaba em tragédia

    Uma das motos em alta velocidade atingiu um rapaz que parou para dar carona a um amigo

Terça feira, 21, por volta de 23h40, dois jovens dirigiam em alta velocidade na Rua Paraíba, apostando uma corrida. Leonardo de Souza da Silva, 18, que dirigia a biz vermelha Placa NOM 5192 bateu na traseira de outra biz Placa OAC 1368, de Erliandro da Silva Melo, 25, nas proximidades do Ginásio Elias Assayag, o outro apostador evadiu-se do local. A polícia militar foi acionada e os dois foram levados ao hospital para receber atendimento. Após os curativos, Leonardo foi apresentado a 3ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP).
Alexandre Silveira, 28, que viu o acontecido, relata que os dois atingiram a vítima que não tinha nada a ver com a história. “Estavam fazendo racha, todo dia é essa sacanagem deles. Estávamos em um bar com uns amigos na Praça dos Bois e vimos os dois passando, iam e voltavam apostando quem era o mais rápido, na passada, um deles bateu a outra moto. O cara que não tinha nada a ver com a brincadeira levou a pior”, diz indignado.
A vítima que por sorte sofreu escoriações disse que os dois vinham no mesmo lado que estava. “Vinham a mais de 100 km/h, tinha parado para dar carona a um colega, quando um deles bateu na traseira da minha moto e caiu, atingiu o outro que passou por cima de mim na moto, mas ele se levantou, pegou a moto, e foi embora sem prestar socorro, conseguiram segurar o que bateu”.
O Cabo J. Pedro que acompanhou a ocorrência revela que os dois estavam fazendo pega com excesso de velocidade. “Eles colidiram por trás de um cidadão que ia dobrar, o condutor tentou fugir, mais foi impedido por populares, e será apresentando por danos e direção perigosa. Vamos tentar capturar o outro que fugiu do local após o acidente”, disse.

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Começa XXX Exposição Agropecuária de Parintins


    Na manhã de domingo, 19, cavaleiros saíram na tradicional cavalgada nas ruas da cidade

Domingo, 19, iniciou a XXX edição da Exposição Agropecuária de Parintins (Expopin), e prossegue até 26 de agosto, no Parque Luiz Lourenço de Souza. A tradicional cavalgada percorreu ruas da cidade, e cavaleiros pararam em frente à Catedral de Nossa Senhora do Carmo e pedirem bênçãos a Virgem do Carmelo. Ás 11h houve a abertura oficial com a presença de autoridades, e representantes de entidades ligadas ao setor agropecuário do Estado.
Na ocasião homenagearam Osmar Faria, um dos empreendedores no município, envolvido com a agropecuária, e doou o terreno onde funciona o Parque. “Essa homenagem é justa, fico feliz por ser na nossa administração”, destaca o Presidente da Associação dos Pecuaristas de Parintins (APP), Lucivaldo Pereira. Durante a programação haverá atrações musicais, apresentação das garotas que vão concorrer o título Garota Expopin 2012, desfile de animais, e corrida de cavalo. O Presidente manteve contato com o proprietário de um rodeio de Santarém, e está ultimando os preparativos para entrar com os animais na feira. “Ele vai tentar contratar animais da região para que não tenha dificuldade no retorno. Serão quatro dias de show de rodeio, de quinta a domingo. Se o pessoal tiver aqui na quarta feira, faremos uma nova caminhada. Estamos tentando fazer da melhor maneira possível, o torneio deve acontecer entre 22h30 à meia noite”.

Desabafo

Na abertura da Feira, o Presidente da APP, Lucivaldo Pereira disse que desde quando assumiu a Associação, o propósito principal foi juntar forças para recuperar o rebanho local, que segundo ele se perdeu cerca de 30% em função de enchentes e estiagens no Amazonas. “Abrimos as portas da Associação para aqueles que se afastaram, não podemos pensar em recuperar a pecuária, quando a própria categoria está dividida, temos primeiro que unir e fortalecer nossa base”.
Pereira agradece o apoio e parceria da Prefeitura de Parintins e diz que não é fácil realizar um evento como a Feira Agropecuária, que tem custo alto. “Precisamos ter parceiros juntos da gente, que colaborem nos momentos difíceis. Agradeço ao Prefeito Bi Garcia que tem nos ajudados a resolver esse problema, não estamos para fazer média política ou pessoal. Para o progresso do setor primário é preciso que as políticas públicas discutidas em gabinete saiam do papel e cheguem até os pecuaristas”.

Apelo

Lucivaldo fez um apelo ao Governo que possa orçar recursos para que eventos agropecuários sejam apoiados em todo o Estado. “Associação alguma pode realizar uma Feira sem apoio dos governos estadual e municipal. Os programas do governo federal devem chegar realmente àqueles que trabalham, e tem direito ao crédito, que muitas vezes acabam chegando em mãos erradas, e acaba sendo desviado. Queremos que chegue a quem está no campo, que sua e consegue com dificuldade botar o alimento para moradores da sede do município. Peço aos pecuaristas que acreditem no nosso trabalho, nos apoiem, ajude, criticando construtivamente, para trabalharmos e com esforço conjunto trazer resultado positivo, para recuperar nossa pecuária. Não aceito crítica destrutivas, quem não quiser ajudar pode ficar do lado de fora”, enfatiza.


Temporal causa prejuízos em vários pontos da cidade



A forte chuva que caiu sobre a cidade no começo da tarde ontem causou muitos prejuízos a moradores de áreas baixas da cidade, e casas, escolas e ruas ficaram alagadas por algumas horas. As ruas Paraíba, Armando Prado, Mozart de Freitas (atrás do Ginásio Elias Assayag), Avenida Amazonas, e Itacoatiara, foram um dos pontos mais atingidos por alagação ocasionada pelo fenômeno natural.
Segundo moradores dessas áreas sempre quando a chuva é intensa, a situação é a mesma, devido também a lixos e entulhos que são jogados nas vias públicas e acaba entupindo bueiros, dificultando o escoamento da água. Eles apelam a Secretaria de Obras para verificar in loco para uma possível solução do problema.
Os fortes ventos destelharam residências, e derrubaram árvores, caso que aconteceu na Estrada do Aninga onde um Taperebazeiro antigo de aproximadamente 30 metros caiu em cima da fiação elétrica, deixando a localidade sem energia. O corpo de bombeiros foi acionado para fazer a retirada da árvore do meio da estrada. “Ficamos assustados com a forte chuva que começou a cair após o almoço. A árvore caiu em cima da fiação elétrica, graças a Deus não atingiu ninguém”, relata José Evandro Pereira Batista, que mora a poucos metros do local onde aconteceu a queda.

Acidente na Rua Paraíba deixa duas pessoas feriadas



Sábado por volta de 13h, um acidente na Rua Paraíba, Bairro Itaúna I, envolvendo três veículos, deixou ferido Valney Silva Azevedo, 42, que seguia de bicicleta, e Ronald Pires Barbosa, 19, que dirigia uma CG Titã. O terceiro condutor estava em uma moto biz, e segundo testemunhas, estava com visíveis sinais de embriaguez quando em disparada na Rua Uaicurapá, Bairro São Francisco, se chocou com a moto que deslizou na rua e só parou quando bateu na bicicleta de Valney. As duas vítimas ficaram desacordadas no momento do acidente e foram levadas ao Hospital Padre Colombo, com várias escoriações pelo corpo.
Valney Azevedo relata que estava indo para o trabalho. “Ia sentido Itaúna, quando o cara que estava na moto biz bateu a outra motocicleta que escorregou em minha direção que vinha logo atrás. Ainda tentei desviar, mas não consegui, fiquei desacordado, a cabeça toda cortada, ele evadiu-se do local sem prestar socorro, a ambulância nos levou ao hospital”.
Ronald Barbosa declara que voltava para casa, no sentido correto na Rua Paraíba, quando viu a outra pessoa na moto biz. “Ele parou numa esquina e a moto ficou engatada num buraco, tentou arrancar. Eu acho que ele pôs numa marcha mais pesada e acelerou, passou pelo meio da rua e não deu mais pra desviar dele, e bati, não lembro mais de nada, desmaiei, só lembro depois de estar internado, agradeço a Deus por não ter acontecido algo grave”.  

Retorno: foragido do presídio público é preso em Juruti Velho-PA


          Joardson Castro fugiu pela porta da frente do presídio em Outubro de 2011

O foragido de Justiça Joardson Castro Simões, 21, (o Sassá), que fugiu do Presídio Público de Parintins em 12 de outubro de 2011, foi preso em Juruti Velho (PA). Na quinta-feira, 16, ele foi trazido para a Ilha por uma diligência policial comandada pelo delegado Ivo Cunha. Sassá revela que foi embora de Parintins porque não queria ficar preso. “Passei sete meses no presídio e não quis esperar o juiz me chamar. Ano passado no dia das crianças consegui fugir pela porta da frente do presídio. Depois de uns dias fui para o Pará, trabalhar e construir uma nova família. Lá um fazendeiro me deu emprego e me ajudou. Não queria voltar para Parintins só que por uma rincha com meu padrasto a polícia puxou minha ficha e me prendeu”.
O delegado Ivo cunha revela que receberam a informação da Polícia da cidade de juruti que Joardson Castro, foragido da penitenciaria de Parintins teria sido preso. “Fomos até aquele município buscá-lo, e o trouxemos, agora vai preso aqui na 3ª DP e aguardar os procedimento da Justiça”. Ivo Cunha revela ainda que o Sassá é considerado um elemento de alta periculosidade. “Ele era parceiro do Kelinho, que também está preso, juntos cometeram vários assaltos violentos na área da Ufam. Eles foram flagranteados e estavam na penitenciaria. O Sassá conseguiu fugir a quase um ano, e foi para Juruti Velho, lá começou a aprontar, a polícia o prendeu e nos comunicou”. Familiares de Joardson Castro denunciaram que ele teria sido espancado pela Polícia. Em entrevista Joardson negou o fato dizendo, “não houve nada disso, o doutor Ivo me trouxe, só queria que me deixassem aqui, não quero ir por presídio”.

Fórum Regional elabora proposta para acessibilidade de pessoa com deficiência



Entre 15 e 17 de agosto foi realizado no auditório Dom Arcângelo Cerqua, em Parintins o 1º Fórum Regional/Municipal do Direito da Pessoa com Deficiência. Durantes os três dias foram discutidas e elaboradas propostas para esporte, trabalho, segurança, acessibilidade, transporte, moradia, saúde, comunicação.  As propostas serão levadas a Conferência Estadual da Pessoa com Deficiência que acontece em Manaus de 25 a 27 de setembro. O Fórum abordou o tema “Um olhar através da Convenção Sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência da Organização das Nações Unidas, novas perspectivas e desafios”. Estiveram presentes representantes dos municípios do Baixo Amazonas e do Conselho Estadual do Direito da Pessoa com Deficiência (Conede).

Conferência estadual

Para o presidente da União das Pessoas com Deficiência Visual de Parintins (Udevip), Elenilson Ramos, o Fórum foi proveitoso. Ele foi eleito pelas organizações não governamentais um dos delegados para defender as propostas e falar em defesa das pessoas com deficiência do município na Conferência Estadual. “Saímos com o dever cumprido. Ficamos em falta, na participação. Lamento a ausência das pessoas com deficiência, principais interessados nessa discussão, por outro lado não podíamos ter o auditório cheio de quem não tivesse voz, não basta quantidade e sim qualidade. O que foi discutido e aprovado era o que pretendíamos, e o que vamos defender”.
Elenilson ressalta que a pessoa com deficiência tem necessidades em vários aspectos e fala das propostas aprovadas no Fórum. “Muita coisa precisa ser ampliada, como, o plano municipal de saúde da pessoa com deficiência, e o sistema de saúde ocular do município. O esporte é o grande desafio, queremos a criação do centro integrado para prática esportiva das pessoas com deficiência, colocamos propostas que beneficiem, se for efetivado pelo poder público, a nível municipal, estadual, e federal, vai melhorar muito a vida das pessoas com deficiência de Parintins”, ressalta.

Definida programação para o Festival de Verão do Caburi 2012



O Festival de Verão do Caburi que esse ano chega a 21ª edição vai acontecer nos dias 07, 08 e 09 de setembro na Praia Brilho do Banzeiro. A programação já está definida. Dentre as atrações do evento caburiense nos três dias estão, Joilton Batalha, Arley Jr, Ney Guerra, Dioleno, DJ Erik Alves, Banda Pizada Show, Grupo Zoeira Show e Só Pagode.
A abertura acontecerá com o “Serestão de Verão”, às 22h. Dia 08, acontecem diversas competições esportivas como futebol de areia, torneio de futebol, canoagem, vôlei e outras modalidades. Uma grande festa à noite é preparada para os visitantes. No encerramento do Festival, no dia 09, terá som ao vivo na praia, pesca esportiva e escolha da Garota Verão Caburiense e Garota Visitante. O evento conta com apoio logístico da Prefeitura Municipal de Parintins, com som, iluminação, banheiros químicos, premiação e repasse de verba. A localidade se prepara para realizar uma festa grandiosa, superior aos últimos anos. 

Mestrandos defendem dissertações sobre conservação de quelônios na Amazônia



O professor e diretor David Xavier do Centro de Estudos Superiores de Parintins (Cesp), defendeu a dissertação de mestrado sexta-feira (17) com o tema “Educação Científica a partir de atividades de Conservação de Quelônios Amazônicos em Comunidades Ribeirinhas do Baixo Amazonas”. “Agradeço aos moradores do Aninga, Parananema e Macurany pela luta e resistência na defesa dos quelônios amazônicos, construindo trajetória na busca de uma educação plena como condição de vida, com a ciência e seus benefícios a serviços dos homens e mulheres moradores da floresta”, disse David.
Comporam a banca a Dr. Evelyn Lauria, o Pós-Doutor Attico Chassot e o orientador Augusto Fachin Terán, peruano que adotou a Amazônia como residência, emocionado disse ver seu sonho sendo realizado. “Minha maior vontade era que alguém da Amazônia se interessasse pelos estudos de quelônios, acreditamos ser possível à educação científica a partir da prática de conservação”, destacou.

Contribuição

As atividades do projeto Pé de Pincha contribuem para o ensino de ciência, abrindo novas possibilidades de estudar a ciência. Movido por questões científicas o “Pé de Pincha” se constitui em ferramenta para educar e modificar o pensamento do homem diante da caça predatória das espécies. “A partir desse estudo a visão sobre ciência, educação, torna-se mais preparada para debater as questões sobre a Amazônia; meu orientador Dr. Augusto Fachin, vem a anos se dedicando a essa temática; hoje demos mais um passo para que outras pessoas desenvolvam projetos que ajudem a preservação de quelônios”, frisou Xavier. No mês de setembro um projeto de extensão será desenvolvido nas comunidades de Aninga, Parananema e Macurany, a fim de levar os resultados da pesquisa para conhecimento dos moradores. No mesmo dia foi aprovado como mestre o professor João Marinho, defendendo um tema também sobre quelônios. 

Associação de moradores Bairro Senador José Esteves escolherá nova diretoria

       O presidente da comissão eleitoral é o presidente da Unipi, José Wilson Lopes

Acontece no próximo dia 26 deste mês na Escola São José Operário, a eleição para a nova diretoria da Associação dos Moradores do Bairro Senador José Esteves (Ambasje), (Bairro São José Operário). José Wilson Lopes, atual presidente da União das Associações de Parintins, (Unipin), vai presidir a comissão eleitoral.
Wilson Lopes relata que “os sócios interessados em concorrer ao cargo podem me procurar em meu endereço na Rua Chico Simões Número 3947, Bairro Itaúna I, atrás da Ferragem Natal, ou ligar para (092)9331-1271. Os pretensos candidatos devem estar munidos de CPF, RG e os documentos que comprovem que é sócio e esteja quite com suas obrigações Estatutárias”. O presidente da comissão eleitoral relata ainda que as chapas deverão ser compostas por 12 membros, seis para compor a diretoria executiva e seis suplentes. A inscrição será até 24 de agosto, 48 horas ates do pleito. “Além das documentações, para concorrer a qualquer cargo, o sócio tem que ter pelo menos seis meses associado na entidade”, informa.
José Lopes diz que a partir das 8h de domingo, do próximo dia 26, os associados que estejam com suas obrigações estatutárias em dia, deve comparecer na escola. “A votação começa às 8h e termina às 15h. Após a apuração dos votos a chapa vencedora será empossada pelo presidente da comissão eleitoral”.

Juízes e Promotores visitam Delegacia Regional e Presídio Público da cidade


      Visitas acontecem periodicamente para informar aos presos sobre a situação processual

Os Juízes de Direito Itamar Gonzaga e Melissa Sanches, juntamente com os promotores Rômulo Barbosa e Carla Guedes, visitaram na tarde de quinta-feira, 14, os presos de Justiça na 3ª Delegacia Regional e Presídio Público de Parintins. Ao GAZETA PARINTINS, o Juiz Itamar Gonzaga revelou que as visitas acontecem periodicamente para informar aos presidiários da situação processual e colher informações para agilizar os processos dos que precisam. “Realizamos periodicamente as inspeções no presídio e na delegacia para vistoriar as instalações e as dependências desses locais para realizarmos atendimentos aos detentos. Durante as visitas conversamos com os presidiários e prestamos informações necessárias e procurando melhorar as deficiências que sejam eventualmente constatadas”, diz Itamar Gonzaga.
De acordo com o magistrado, esse trabalho tem que ser realizado pelos juízes da 1ª 2ª e 3ª vara da comarca de Parintins. Durante a visita estiveram presentes juízes da 2ª e 3ª acompanhado dos promotores que atuam nas duas varas e estagiários que os auxiliam. “O trabalho tem o objetivo de repassar aos presos sobre o andamento do processo e também colhermos informações se tem advogado ou recurso financeiro para constituir um, se caso o detendo não tiver condições, o próprio Juiz se encarrega de nomear um advogado ativo para acompanhar o feito, esse fato termina por agilizar os processos criminais”, informa.
Segundo Itamar Gonzaga durante as visitas são detectados casos de presos que necessitam de ajuda. “São detectados principalmente casos de presos que não tem auxílio da família, eles são citados para apresentar defesa a preliminar em 10 dias e a defesa não chega. Para dar andamento no processo, aproveitamos as visitas e realizamos a consulta com o preso, anotamos informações e providenciamos o que for necessário para acelerar o trâmite do processo”, finaliza o Juiz.

XXIX edição do Jogos Escolares de Parintins inicia terça feira


A XXIX edição do Jogos Escolares de Parintins (JEP’s), inicia dia 28 de agosto com as modalidades individuais, xadrez, tênis de mesa, natação e atletismo. Dia 01 começam a disputa das modalidades coletivas, futsal, futebol, handebol, voleibol, basquetebol e vôlei de areia (duplas). As inscrições encerraram na última sexta feira, 17, com 20 escolas inscritas, e cerca de 2000 estudantes-atletas devem participar. A festa de abertura acontece dia 31 de agosto com a apresentação das delegações dos educandários. Nos esportes coletivos os quatro primeiros colocados de cada modalidade vão disputar a seletiva parintinense e os campeões vao representar o município no Jogos do Polo III (Baixo Amazonas). O JEP’s 2012 encerra dia 09 de setembro.
O Coordenador, professor Carlos Meirelles, relata que a Coordenadoria Regional de Educação de Parintins está trabalhando com os professores de educação física na organização para o sucesso da competição. “Queremos uma participação efetiva dos alunos, que possam compreender o esporte como educação, não como competição ou somente vencer, mas que sirva para a vida toda, que o estudante busque a cada momento participar mais da atividade escolar. O JEP's vai proporcionar lazer e entretenimento”. A premiação será medalhas e troféus, e os locais de competição: Praça dos Bois, Ginásio Elias Assayag, Escola São José Operário, Centro Educacional de Tempo Integral (Ceti), e Pista de Atletismo Circuito Escorpião

Parintins conquista 29 medalhas no Campeonato Estadual de Atletismo sub-23



A delegação parintinense de atletismo sub-23 participou na última semana do Campeonato Estadual da Categoria, em Manaus, e conquistou 29 medalhas, 11 ouro, 8 prata e 10 bronze. Onze atletas representaram Parintins, em provas de velocidade, resistência e revezamento.
Os representantes parintinenses ficaram felizes com a participação no campeonato, e iniciam treinamentos para as próximas competições. Com o resultado positivo esperam conseguir patrocínios e assim conquistar mais medalhas douradas para a cidade. “Nas provas, os atletas estavam centrados e cientes de tudo o que passamos para chegar a competição, todos deram o  melhor de si. O fruto disso foi um excelente resultado para a equipe”, declara o atleta Glauber Farias, que ganhou 1 ouro e dois bronze.
O competidor relata que nem tudo foi alegria, pois, a falta de patrocínio influenciou no resultado das provas. “Como não tínhamos material, sapatilhas de atletismo, alguns conseguiram emprestar de competidores de outras provas e outros clubes, mas muitos correram de tênis, o que na pista sintética em Manaus não traz bons resultados, pois o tênis não tem aderência e acabamos perdendo velocidade e até provas, mesmo assim, conquistamos 11 medalhas de ouro”. A delegação foi composta por Alex Pontes, Kildson José, Lázaro Ferreira, Eliara Godinho, Luciana Marialva, Jorge Ramos, Eduardo Costa, Glauber Farias, Salomão Teixeira, Aldair Vieira e Delcivan Almeida.

sábado, 18 de agosto de 2012

Falta de contingente na Delegacia de Parintins


           Ivo Cunha Diz que situação é insustentável para a cidade de Parintins

“Está pior que antes, um verdadeiro caos. Parece brincadeira, estamos com um investigador para uma cidade com mais de 102 mil habitantes. Nem o Homem Aranha, ou o Super Man dariam conta disso, mas por falta de contingente, um ser humano tem que fazer esse trabalho que deveria ser feito pelo menos 20 investigadores”.
Foi assim que o delegado da Polícia Civil, Ivo Cunha, titular da 3ª Delegacia Regional de Parintins (DRP), relatou a situação que vive hoje a instituição. “Os quatro investigadores que foram disponibilizados para Parintins, não passaram seis meses e voltaram para a Capital do Estado. A situação está insustentável, Estamos com 4 escrivães, 6 plantonistas, 1 investigador e 2 delegados. Não tem funcionários para tirar os plantões, pois os que tínhamos, um está de férias e dois de licença médica”.
De acordo com Ivo Cunha já fizeram apelo a todas as instâncias e recorreram às pessoas que poderiam, mas não adiantou. “Mandaram os funcionários, só que voltaram. Isso acontece porque quem vem atuar na 3ª Regional, não tem vínculo familiar aqui, os que permanecem, tem família em Parintins, ou moram em cidades próximas. Esta semana Informaram que um investigador foi transferido para servir aqui, mas ainda não se apresentou”.
O titular diz que a alternativa para solucionar o problema seria um concurso regionalizado, assim os aprovados ficariam servindo nos locais de origem. “Para não serem transferidos, fariam um trabalho com responsabilidade e comprometido com a cidade. Pois com certeza ia querer dignificar o cargo e família. Mas para que o concurso regionalizado aconteça, as autoridades locais têm que agir e provocar o Estado”, ressalta.

Quantidade de assalto com arma de fogo no município preocupa Delegado de Parintins



A quantidade de assaltos cometidos com armas de fogo vem preocupando o delegado Ivo cunha, titular da 3ª Delegacia Regional de Parintins (DRP). Ele acredita que as causas estejam relacionadas ao tráfico de drogas e intercâmbio de meliantes de Parintins e Capital do Estado que se adéquam aos moldes de violência de cidade grande e praticam os delitos.
Segundo o Delegado, antes os bandidos só assaltavam com faca e terçado, muitas vezes as vítimas corriam, e normalmente o meliante não alcançava ou desistia de perseguir e não consumava o delito. “Hoje estão assaltando com arma de fogo, tememos o poder letal dessa arma. Se a vítima se assustar e correr, o bandido pode atirar e acertar a pessoa”, alerta.

Intercâmbio

Ivo Cunha revela que de 1º janeiro até 12 deste mês foram apreendidas 6 armas de fogo. “Nesses primeiros meses do ano a Polícia retirou das ruas 6 armas de fogo utilizadas em assalto e os bandidos estão presos. Isso é o histórico de cidade que vem se adequando aos modelos de violência de outras cidades. Traficantes e assaltantes vão às capitais  se juntam a bandidos perigosos, ou alguém vem da Capital escalado no mundo do crime e fazem esse intercâmbio de violência que estamos vivenciando”, informa.
Cunha revela que as armas apreendidas são provenientes de Manaus e existe o risco de confronto entre Polícia e Bandidos.  Para ele, após fazer a escola de crime em Manaus, o bandido volta trazendo arma de fogo, por isso tantos revólveres são utilizados em assalto em Parintins. “Só que esquecem que vivemos numa ilha, e é mais fácil pegá-los. Quando se trata de um bandido com arma de fogo a Polícia age de forma a evitar um confronto para que nem policial nem o meliante sejam feridos. Por isso, a Polícia Militar sempre faz revistas em transeuntes para evitar maior incidência de armas de fogo” declara.

Senac disponibiliza Curso de Bombeiro Civil à comunidade


                Alunos recebem qualificação para atuarem no mercado de trabalho

Aconteceu na noite de sexta-feira, 10, nas dependências da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Estrada do Macurany, a aula prática para os alunos do Curso de Bombeiro Civil, realizado desde julho pelo Senac-Parintins.
Segundo Alexandre Mendes Carneiro, Bombeiro Civil ministrante do curso, os 35 alunos que estudam no turno da tarde pelo Programa Nacional de Gratuidade (Pronatec), e os 37 da noite, vão passar pelos procedimentos que o curso exige de acordo com a lei federal n° 11.901-01/2009, para atender a todos os preceitos legais. Além dos 72 alunos do Senac, 91 alunos de uma escola profissionalizante participam das aulas.
O curso tem carga horária de 210hs, começou dia 17 de julho e tem duração de 3 meses. “Deve terminar em novembro com as conclusões das aulas teóricas e práticas. O Senac está em parceria oferecendo a Ufam a brigada de incêndio em troca do espaço físico, pelas visitas técnicas, outras instituições serão favorecidas através de parcerias”, afirma Alexandre.
Para ele, o Bombeiro Civil tem que estar preparado, pois, refinarias, indústrias e shoppings centers necessitam desses profissionais para combater princípio, meio e fim do incêndio e outras situações. Os módulos tem 80hs de prevenção e combate ao incêndio, 20 de produtos perigosos, 40 de resgate e suporte básico de vida, 20 de ações operacionais administrativas. “Finalizaremos o módulo de salvamento onde teremos espaço confinado, salvamento em altura, descidas táticas onde estaremos trazendo instrutores de Manaus e Santarém. O Senac está preparando esse profissional para o mercado de trabalho”, finaliza Alexandre.

Cresce número de adeptos do Slack Line em Parintins



             Esporte está conquistando o público infantil mas precisa de apoio

O Slack Line presente há 7 meses na cidade ganha cada vez mas, mais adeptos. O responsável Raiuno de Jesus Batista, revela que o esporte exige equilíbrio, paciência, e técnica, e crianças iniciam na modalidade e vários professores ensinam. “Trouxemos para a Praça dos Bois a menos de dois meses, estamos com novos alunos, e várias pessoas praticando”, disse. Para Raiuno, “com os treinos e o tempo a pessoa começa a fazer manobras, e entre 5 a sete dias já consegue se equilibrar sozinho”, relata.
Mosailto Guimarães, instrutor, declara que é um estilo de vida. “Praticar o Slake Line é uma maneira de expressar o que treinava antes, capoeira, saltos mortais, apenas adaptei. Quando começamos eram poucas pessoas, agora dá muita gente, meninos, adultos, pais de família trazem as crianças para treinar, isso é bom porque é para todas as idades”, declara.  

Apoio                                              

O instrutor revela que pretendem fazer competições quando os atletas estiverem preparados, mas precisam de apoio. “Não temos apoio de ninguém, precisa de recurso e estrutura para fazer um evento. Os interessados em nos apoiar podem vim e ver como funciona o slake line aqui na Praça, ou entrar em contato pelo (92) 9346-5308, é um esporte sério. Existem várias modalidades, praticamos algumas porque não temos recursos para as outras, mas vamos conseguir”.
Natacha Lima pratica há duas semanas e se sentiu atraída porque gosta de esportes radicais. “Vim conhecer porque gosto de emoção, estou adorando, venha participar porque é muito legal”, convida. O esporte que surgiu nos anos 80 está presente nos parques, praças e praias do Brasil. É realizado em uma fita de 2,5 cm de largura e 5 m de comprimento, que amarrada a 2 pontos fixos (árvores, postes) permite equilíbrio e manobras radicais.

Escolas parintinenses comemoram resultados no Ideb


Carmo e Batista alcançam as maiores notas no município de Parintins

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) divulgou terça feira, 14, o resultado de 2011 do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) das series iniciais e finais do Ensino Fundamental.
Em Parintins nas séries iniciais (5º ano), o CNSC alcançou 6.6. Nas séries finais do Ensino Fundamental (9º ano), o Carmo e o CBP tiveram a nota 5.5. “Temos o compromisso de não aprovar de qualquer jeito. Estamos felizes porque elevamos os índices, precisamos caminhar mais. O resultado nos alegra, e ao mesmo tempo nos faz refletir o que podemos melhorar e onde precisamos crescer”, relata a gestora do Colégio do Carmo, Salvia Rodrigues.
A assistente administrativa do Colégio Batista de Parintins, Keuryanne Guerreiro, declara que o resultado mostra que a equipe está empenhada e desenvolve um bom trabalho. “Os professores estão empenhados e acredito que o curso de qualificação que recebem pelo (CREP), favorece o trabalho para o desenvolvimento desses índices. Recebemos o resultado de forma favorável”.

Treinamento: Ronda no Bairro chega a Parintins



Cinquenta policias militares receberam treinamentos nos últimos para dias, , para melhor atender a sociedade. A qualificação faz parte do Programa Ronda no Bairro, que está percorrendo por municípios do interior do Estado. Parintins recebeu sete profissionais que estão trabalhando com 13 disciplinas para preparar os PMs, dentre eles treinamentos de tiro ao alvo que aconteceu quarta feira, 15, na Estrada do aeroporto próximo ao Lagunas Parque.
O Tenente Coronel Lúcio Silva, relata que esse é um programa pioneiro. “É a primeira vez que a Secretaria de Segurança Pública através da Polícia Militar está trazendo instrução para o interior do estado. Estamos percorrendo todos os municípios interioranos para trazer essa qualificação profissional e melhor preparar o policial para atender a sociedade”, relata.
Segundo o Coronel, nessa primeira oportunidade não será atendida toda a demanda. “Tem aqueles que ficam de serviço e não vem, mas com certeza no próximo ano a gente vai fazer a segunda turma, e aqueles que não tiveram o privilégio de participar serão os novos privilegiados”, ressalta.

Morte do Boi Espalha Emoção no Mocambo



Jane Andrade Costa, presidente do Espalha Emoção, campeão do IX Festival da Agrovila Mocambo do Arari 2012, anuncia para domingo, 19, a morte do boi. Ela convida moradores, sócios, compositores, artistas, amigos e simpatizantes do bumbá para prestigiarem a festa que será regada de muita comida, bebida e apresentações dos itens oficiais.
A programação vai acontecer no Mocambódromo. “O Mocambo vai ter um dia de festa que começa a partir das 10h com a banda local Kavalo Suado. Às 12hs começa a churrascada e prossegue com som ao vivo. À noite teremos apresentação dos itens oficiais que deram tudo de si, assim como artistas e compositores, que levaram o Espalha Emoção a conquistar o 6º título”.
Jane Costa diz que “após apresentação dos itens, acontece o Alto do Boi, onde Pai Francisco atende o desejo de Mãe Catirina, e mata o boi mais lindo da fazenda, que depois é ressuscitado. A programação só tem hora para começar. Vamos oficializar o comando da Polícia Militar para que possa ser feita a segurança e tudo ocorra bem, pois o que pretendemos é que a cada dia mais pessoas prestigiem nossa festa”.
A representante do boi agradece a todos que contribuíram para a realização do Festival e os que ajudaram para a morte do boi. “Agradecemos aos nossos sócios, amigos do Espalha Emoção, agremiações Garantido e Caprichoso, Prefeitura de Parintins, e pecuaristas que doaram os dois bois para a churrascada da morte do campeão 2012 do Mocambo”.

Estudantes Parintinenses garantem vaga para participar do JEB’s


Denner Silva, Sidney Carvalho, e Érica Cursino, vão representar Parintins na categoria infantil nos Jogos Escolares Brasileiro (JEB’s), competição nacional que acontece no próximo mês, em Poço de Caldas-MG. A categoria juvenil composta por Ildga Cunha, Karina Santarém, Josiane Caldeira e Maria de Nazaré Ramos, também vai representar o município em novembro em Cuiabá-MT na mesma competição. Eles foram classificados após alcançarem o primeiro lugar no Jogos Escolares do Amazonas (JEA’s). 
Sidney Carvalho, 14, da Escola São José Operário, ficou feliz por conquistar o primeiro lugar no salto em distância garantiu a classificação. “Não foi muito difícil ganhar os oponentes, me preparo para o JEB’s, competição de alto nível, mas vou dar o meu melhor para conquistar o lugar mais alto do pódio”, relata.

Resultados

Denner Silva, 14, do Colégio Batista, disputou arremesso de peso, e teve o melhor desempenho da categoria. “Foi complicado trazer o ouro. Em Poço de Caldas vou botar pra cima dos adversários e disputar com os grandes nomes do arremesso do sudeste e trazer uma medalha para Parintins” garante.
Maria de Nazaré Ramos, 17, tetracampeã do JEA’s nos 800m, vai em busca do ouro em Cuiabá. Ela garantiu o ouro no JEA’s, e a quarta viagem para o Brasileiro. “É especial por ser meu último ano de Jogos Escolares. Sempre queremos o ouro, se Deus quiser vou chegar ao pódio”. A atleta revela que sonha em disputar a próxima Olimpíada. “Assistindo a Olímpiadas de Londres bateu aquela vontade de estar lá, é o sonho de qualquer atleta iniciante estar em competições de níveis elevados. Escutei que tenho chance de representar o Amazonas em 2016, se me dedicar, isso pode se concretizar”, diz Nazaré.

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Menina de oito anos precisa de ajuda para se manter em Manaus



Familiares de Iandra Souza Magalhães, 8, recorrem a comunidade através de uma rifa que acontece no final deste mês com sorteio de 20 prêmios. A finalidade é conseguir recursos para retornar a Manaus, onde a menina precisa continuar o tratamento contra Leucemia Mieloide Aguda (LMA).
“Desde setembro de 2011 quando minha filha adoeceu estamos na luta, em nome de Jesus vai ficar curada. Ela ficou um tempo internada no Jofre Cohen e depois foi transferida para Manaus onde faz quimioterapia para combater a doença”, informa Iara Andrade Souza, 26, mãe de Iandra que está em Parintins desde a última sexta-feira, 10, e precisa voltar a Capital, início de setembro com a filha. “Por isso estamos promovendo a rifa beneficente em prol da Iandra. O dinheiro arrecadado vai nos ajudar na alimentação, aluguel e transporte de onde moramos até o Hemoam enquanto ela estiver recebendo as sessões de quimioterapia”.
Os interessados em ajudar podem ligar para (092) 9349-8238 e 9160-1478, ou ir a residência na Rua Coronel José Henrique Nº 563, Francesa e adquirir a rifa no preço de R$2,00. Os 20 prêmios, variam entre kits, perfume a notebooks. O sorteio acontece em 30 de agosto no programa Ciranda da Cidade da Rádio Alvorada. “Precisamos nos manter na Capital e a dieta rigorosa da Iandra. Ela não pode pegar sereno, chuva, nem sol, está com o sistema imunológico baixo e pode facilmente pegar gripe. Os cuidado são para não contrair infecção para que o tratamento não seja interrompido”, finaliza.

Empresário parintinense morre em Manaus após dias hospitalizado


        Rooselvet Prestes sofreu acidente de trânsito dia 31 de julho

O Empresário, Rooselvet G. Prestes, 51, que foi levado em coma para a Capital do Estado dia 01, morreu na manhã de sexta feira, 10, por volta de 9h. Ele ficou internado no Hospital João Lúcio até o dia do seu falecimento. O corpo foi trazido para Parintins, e durante o velório compareceram familiares e amigos. Rooselvet sofreu um grave acidente de trânsito na noite do dia 31 de julho, no Conjunto João Novo, em frente à Panificadora do Dilon, quando vinha de motocicleta e chocou-se com outra pessoa em uma bicicleta. Ele era casado com a senhora Rosa Prestes, tinha dois filhos, José Antônio Prestes Neto e Roosevelt Godinho prestes Filho.
O filho José Antônio, disse que todos estão sentindo bastante tentando entender porque ele se foi. “Na verdade a gente não sabe o que aconteceu no acidente, há especulações que ele bateu a pessoa, outros dizem que a pessoa entrou na frente dele. A família está abatida, amigos, familiares vieram de longe se despedir dele, era muito querido em Parintins, dava um jeitinho para ajudar todo mundo, agradável, brincava todo tempo. Estamos tentando entender porque ele se foi, mas Deus tá sabendo, a dor é imensa”, diz emocionado. O enterro de Roosevelt aconteceu na tarde de Sábado no Cemitério São José.

Colégio do Carmo realizará Sexta Cultural


          Foto: Divulgação

Amanhã, a partir das 18h, o Colégio Nossa Senhora do Carmo realizará na Quadra Poliesportiva Sílvio Miotto, a Sexta Cultural, atividade que envolverá todo o educandário. No evento haverá uma programação voltada para vários tipos de danças com participação dos estudantes vicentinos, e também terá venda de guloseimas, rifa.  O dinheiro arrecado será investido no CNSC.
Devido a várias situações não foi possível realizar esse ano a Festa Junina do Carmo, por isso, a instituição resolveu criar outra atividade que se aproximasse, denominada de Sexta Cultural. O objetivo é reunir a comunidade, para um momento de confraternização e interação.
Atividades voltadas para a parte cultural estão dentro do calendário escolar do Colégio. A gestora Salvia P. Rodrigues, relata que vai ser um momento de descontração entre a equipe escolar, famílias dos alunos. A venda das mesas para os pais vai ser por um preço simbólico.

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Filhos reconhecem a luta do pai e retribuem a criação recebida



O dia dos pais é celebrado todos os anos no segundo domingo de agosto em todo o país. Ao se tornar pai, o homem passa a ter responsabilidades com os filhos, devendo sustentá-los dignamente, com atenção, amor, carinho e proteção. O senhor Lauriano Gomes Ferreira, 77, casado com dona Eugênia Araújo Ferreira, 75, é pai de oitos filhos, tem seis netos e três bisnetos.
Para a filha Cristiane Araújo Ferreira, 32, o pai é um guerreiro, e nunca deixou faltar nada à família. “Tudo que queríamos dava o jeito, até quando fazíamos trabalho de aula com os colegas vinha com um lanchinho, perguntava se estava faltando alguma coisa. Lembro quando me levava na escola e dizia “estuda mesmo, esse é o teu futuro”, falou isso para todos meus irmãos e irmãs. Ele é tudo pra gente, nosso porto seguro. Aprendi com ele a sempre batalhar, agora é nossa vez de cuidar dele”.

Garapeiro

Já Justino Ferreira Neto, relata que o pai representa uma figura muito importante. “Meu pai é uma pessoa especial para nós, desde novo arranjava o ganha pão, ficou conhecido na cidade como “Laureano o Garapeiro”, colocava as garrafas de garapa no carrinho e ia vender na rua. Depois de um tempo construiu um quiosque no Mercado Municipal, foi crescendo e depois se juntaram cinco garapeiros ao redor dele, e formaram uma feirinha, durante 32 anos trabalhou lá”.
Neto revela que o senhor Laureano foi sempre preocupado com a educação dos filhos e fará tudo que puder para retribuí-lo. “Ele fez de tudo para que estudássemos no Colégio Batista, que naquela época era particular, trabalhava e pagava todo mês a mensalidade, tinha a maior preocupação com nossa educação. Criou uma família de 8 filhos com o suco da garapa, deu o melhor que poderia ser dado de um pai para os filhos, agora é a nossa vez de retribuir todo amor e dedicação”, declara.

Escolas comemoram dia do estudante


                   Atividades esportivas fizeram parte das comemorações

Para comemorar a passagem do dia do estudante, educandários da cidade realizaram atividades esportivas voltadas para o lazer, integração e diversão dos alunos. A Escola Estadual Irmã Sá realizou um torneio envolvendo futsal, atletismo, tênis de mesa e queimada no Ginásio Elias Assayag. A comemoração do Programa Nacional de Inclusão de Jovens (ProJovem Urbano), que funciona nas Escolas Irmã Cristine, Charles Garcia e Lila Maia, aconteceu na quadra da Praça Benedito Azedo.
O Professor João Francisco Martins, do Irmã Sá, disse que a escola realiza o torneio anualmente em comemoração a data que marca o dia do estudante. “O esporte integra o ser humano, socializa as pessoas, todos os anos a escola realiza não somente esses eventos, mas outros, em especial ao dia do estudante. Quando se trata de esportividade por natureza o aluno realmente é muito interessado, e a escola de maneira bem definida vem ao encontro disso para consolidar essa alegria”, relata.
O Professor do Projovem Urbano, Fernando Silva, destacou que todo esse congraçamento faz com que os jovens se conheçam melhor. “Entendemos que as pessoas estão se conhecendo, é importante. Estamos com uma atividade em que estão participando, fatores que proporcionam lazer, e qualidade de vida, a ideia central é essa”, relata.
A subsecretária de Educação do Município, Odinea Farias, disse que é um prazer participar de um evento com a juventude. “Nossa juventude participou. Parabenizo e desejo sucesso a todos os estudantes. Peço a Deus que continue abençoando-os para que busquem sempre o melhor para suas vidas, principalmente longe das drogas, é isso que queremos, mostrar uma educação diferenciada, colocando valores para a vida desses estudantes”.

sábado, 11 de agosto de 2012

Parintins conquista 22 medalhas no JEA’s

A Delegação Parintinense conquistou 22 medalhas no Jogos Escolares do Amazonas (JEA`s), 19 só no atletismo (7 de ouro, 8 de prata e 4 de bronze), 1 no xadrez e 1 no tênis de mesa e 1 no voleibol masculino juvenil. 
Sete atletas se classificaram para o Jogos Escolares Brasileiro, todos do atletismo, três na categoria infantil, que acontece de 6 a 15 de setembro em Poços de Caldas (MG), e 4 na juvenil de 25 de novembro a 8 de dezembro em Cuiabá (MT). 
O Coordenador de Esportes da Seduc, professor Carlos Meirelles, disse que a participação dos atletas dos esportes foi boa, e houve gratas surpresas. “Tivemos algumas participações que foram gratificantes, mas não suficientes para alcançar o primeiro lugar. Parintins tem atletas para o brasileiro por terem conquistado o ouro, mas alguns estão recebendo medalhas de segundo ou terceiro. No xadrez a estudante Josielma Parente ficou em segundo lugar”, relata.

Projeto Pé de Pincha pretende devolver à natureza dois mil quelônios na próxima soltura


     Professora Aida Maria Batista, coordenadora do Projeto.

O Projeto Pé de Pincha da Comunidade Parananema sob a responsabilidade da Escola Municipal São Pedro, pode começar no final de agosto a coleta de ovos. Os moradores se movimentam para angariar recursos, e esperam devolver aos rios na próxima soltura aproximadamente dois mil quelônios.
A coordenadora, professora Aida Maria Batista Farias relata sobre os trabalhos. “Começamos a nos articular, reunimos e decidimos algumas coisas para angariarmos algum dinheiro e começar a coleta. Pretendemos iniciar mais cedo, precisamos de materiais como bota lanterna, pilha, gasolina para que os voluntários possam chegar até a várzea para coletar esses ovos. O motor rabeta é essencial, mas não temos, é muito difícil, temos que emprestar, alugar, e nem todo tempo a pessoa estar disposta e disponível a nos ajudar”, comenta.
Aida diz que o início da coleta vai ser de acordo com a seca, provavelmente a partir do final do mês.  Durante a coleta a meta é trabalhar em torno de 80 a 100 covas que devem gerar mais de dois mil filhotes de quelônios para a próxima soltura. Quem quiser ajudar o projeto que protege, preserva e recupera o meio ambiente através da educação ambiental, pode ligar para 9290-4577 ou procurar a professora na Escola São Pedro, na Comunidade. “Se alguém puder doar um rabeta, agradecemos muito, assim como gasolina, botas, alimentos, pilhas, lanternas, se não, não conseguimos fazer a coleta dos ovos que é feita à noite, nos lagos da região”, frisa.

Artista recria a natureza através de troncos e pedaços de árvore morta


“Quando prendia gado aqui no Parananema, há 17 anos, olhava as Itaubeiras que foram sepultadas pelo menos há 200 anos, e tive essa visão de ressuscitar a natureza morta em forma de arte como suporte a natureza viva. Dessa visão, nasceu essa forma de trabalhar a arte. Esculpia pequenas peças desde os 10 anos de idade, essas são feitas de maneira ecologicamente correta, em troncos de Itaubeiras caídos, muitas vezes desenterro-os para trabalhar neles”.
Assim, o escultor Cledileno Bentes da Silva, 46, o Leno Bentes como é conhecido, que nunca frequentou qualquer escola de arte, revela como surgiu a ideia para desenvolver sua arte. Ele fala do sonho em expor suas criações na Arena da Amazônia no período da Copa do Mundo de 2014. “Tenho 15 conjuntos de artes em troncos de Itaubeira em fase de acabamento, quero até o final deste ano aprontar pelo menos mais 15. Pretendo fazer uma exposição com 30 conjuntos desses, na Arena da Amazônia no período da Copa do Mundo para mostrar a arte do parintinense”.
O artista acredita que recebe a capacidade de esculpir em madeira iluminado pelo deus da arte, pois, quando vê um tronco, consegue visualizar esculturas nos traços que apresenta. “Aí é só pegar as ferramentas e esculpir formas que são mostradas nas peças. Essa é a fórmula que achei para tentar conscientizar as pessoas que a natureza precisa ser preservada, se não, as futuras gerações não vão ter o privilégio de visualizar o que vemos hoje”.

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Mulheres do Bom Socorro concluem curso de culinária



Dia 27 encerrou na comunidade Bom Socorro Zé Açú, o curso de culinária ministrado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) em parceria com a Prefeitura Municipal de Parintins. De acordo com a ministrante professora Luciana Santos, vinte mulheres participaram do curso durante duas semanas. O objetivo foi orientar na criação de pratos típicos com produtos encontrados na comunidade, a serem comercializados aos turistas que visitam a localidade em períodos de festas e praias da região nos finais de semana.
Para comemorar a conclusão da primeira turma de culinária da comunidade houve uma mesa especial com comidas típicas regionais, e sobremesas, como mousse de araçá, bolo de macaxeira, recheio de cará e brigadeiro de limão. “O curso foi muito importante para nós, aprendemos a valorizar muitas coisas na nossa comunidade em termos de culinária. Agora podemos abrir nosso próprio negócio e levar adiante tudo o que aprendemos. Almejamos um restaurante para cá, é uma forma de gerar renda e poder servir pratos regionais saborosos aos turistas”, diz dona Lucélida Santos.

Participação

Dona Rosely Moutinho, revela que o curso foi gratificante. “É a primeira vez que participei de um curso pelo Senac, não imaginava que vinha um  curso desses para a comunidade. O que aprendemos com a professora Luciana foi muito bom, espero que minhas colegas que aprenderam junto comigo pratiquem e continuem se preparando para colocar um restaurante, com certeza, quem vier pra cá vai gostar da culinária do Zé Açú”, ressalta.
Luciana Santos ressalta o esforço das alunas, e diz que o objetivo é mostrar aos turistas que através dos produtos plantados e colhidos na comunidade podem produzir pratos maravilhosos, deliciosos. “Infelizmente em duas semanas não dá para concluir tudo, porque são muitos pratos, mas espero que continuem, e pratiquem”. A professora apoia no sonho do restaurante comunitário no local. “Dou a maior força para que realizem o sonho de colocar um restaurante de comidas típicas regionais na comunidade. Eles deverão convidar as pessoas para saborear o que tem de melhor na região do Zé Açú”, declara.

Reprodução de pirarucu deverá começar na Comunidade Santa Fé




piscicultor João Gonçalves Pizzano, pretende começar a reprodução de pirarucu em viveiros na Comunidade Santa Fé pertencente a região do Zé Açú. Ele trabalha na criação de peixes naquela área há oito anos, e tem a preocupação quanto à extinção da espécie, por isso, a importância da criação do peixe, e diz que até dezembro o viveiro pode estar pronto.
“Essa ideia não foi totalmente minha, meu filho era técnico e começou a pesquisar, e numa viagem viu um lugar que tinha criação de pirarucu, então começamos a criar. É um projeto que queremos expandir, estou querendo fazer um tanque só para criar pirarucu. Esperamos até o final do ano que estejamos com esses alevinos da espécie”, relata Pizzano. 
Pizzano ressalta que a criação do pirarucu em viveiros que realiza, ainda é recente. “É o experimento que eu mesmo faço, estou concluindo o curso técnico em aquicultura, então vou começar a trabalhar em cima do conhecimento do pirarucu e outros peixes. Temos que abrir os olhos para criar, porque amanhã podemos não ter mais o peixe, para ao mesmo tempo vender, ter uma demanda a mais e repovoar os lagos”, declara.