domingo, 30 de junho de 2013

Garantido 3ª noite: Ritual indígena





















A última alegoria surge na arena, retratando o ritual dos índios Ofaiés sobre o mito da criação da fauna, da flora e do povoamento da tribo de índios de pequena estrutura que povoaram a região do Estado Mato Grosso e que hoje estão reduzidas a poucas famílias. O Ritual revive a história ancestral dos Ofaiés, através da transcendência do Pajé, representador por André Nascimento que surge na alegoria e desperta os tambores ancestrais da tribo que pertence ao clã da mãe lua. No ritual, entre cantos e danças, o Pajé Ofaié revela que um grande macaco Bugio fez a floresta se elevar e num transe transformou em bichos todos os índios da tribo. Dessa forma, o Garantido encerra sua participação no 48º Festival de Parintins, fazendo a galera “tremer” as arquibancadas, a galera que concorre ao item 19, e pretende conquistar o título de campeã este ano, uma apresentação empolgante que encerra com muita alegria.



Garantido 3ª noite: Figura Típica




Nos cem anos de criação do Garantido, a contribuição japonesa através do juteiro, figura típica regional da Amazônia. Em Parintins os primeiros pés de juta foram plantados no período de 1930, por isso o vermelho e branco apresenta o Juteiro como figura típica regional. Trazida por um boneco que simboliza surge a linda rainha do folclore, Patrícia de Góes. 

Garantido 3ª noite: Momento tribal




Na última noite de apresentação o Garantido reúne as tribos para o momento tribal que é comandado pelo pajé André Nascimento. Durante a festa das tribos, surge no alto de uma alegoria a índia guerreira, simbolizada pela porta estandarte, Verena Ferreira, para concorrer ao item número 05, ela que estreia no Garantido este ano. A cunhã poranga junto com pajé comandam o espetáculo tribal. 






Garantido 3ª noite: Celebração Folclórica


O Garantido apresenta a celebração folclórica: Resistência e Consagração. Resistência de uma brincadeira que nasceu na humilde Baixa do São José. Na celebração do vermelho surge o Boi no centro da arena rodeado por vaqueiros e bailado corrido, lamparineiros e caboclos. Junto com o Boi chega a filha do dono do Boi, a sinhazinha da fazenda, Ana Luisa faria, que concorre ao item 07.





Garantido entra na arena do Bumbódromo com tema: Resistência e Consagração


















O Boi Garantido adentra na arena contando a Resistência e Consagração do Bumbá nos 100 anos de história. O apresentador Israel Paulain entra acompanhado do levantador de toadas Sebastião Junior e do Amo, Tony Mediros e empolga a galera vermelha e branca, que ao som da batucada vibra nas arquibancadas do Bumbódromo. Momentos antes Do espetáculo os compositores da agremiação foram aclamados pela galera encarnada, os poetas das toadas do CD / DVD 2013 O Boi do Centenário. O amo do Boi Tony Medeiros conta em seus versos como e onde o Garantido nasceu, criado por um pescador chamado de Lindolfo Monteverde.    

              Lenda Amazônica


O Garantido entra com tribos indígenas, Batucada para o primeiro momento na terceira noite do Festival Folclórico de Parintins, e apresenta a Lenda Amazônica: Juma, uma das lendas mais conhecidas pelos povos das florestas. O juma é uma entidade  gigantesca do imaginário popular. O Juma conduz a cunhã poranga, Tatiane Barros que concorre ao item 09.





Caprichoso 3ª noite: despedida emociante de Thainá Valente do item 07 do Caprichoso




De dentro da alegoria de Figura Típica Regional surge a sinhazinha da fazenda, Thainá Valente que emocionada se despede do item após sete anos. A Figura Típica Regional faz homenagem a uma figura encontrada em muitos cantos de Parintins, a tacacazeira. As senhoras que vendem o tacacá, realizam seus ofícios ao entardecer nas bancas onde recebem os clientes que saboreiam a iguaria Amazônica, muito apreciada. Ao centro da alegoria, um módulo da catedral de Nossa Senhora do Carmo parte do cenário da cidade. A tacacazeira é representada pela Rainha do Folclore, Brena Dianná.


Caprichoso 3ª noite: Porta Estandarte



Caprichoso 3ª noite: Lenda Amazônica




Caprichoso 3ª noite: Galera